Os Cursos Livres Elejuf são capacitações que abrangem 3 áreas de conhecimento: Política, Democracia e Cidadania; Poder Legislativo; e Administração Pública e Gestão. 

As aulas ocorrem uma ou duas vezes por semana, geralmente das 8h30 às 11h10. Habitualmente a carga horária é de 30 horas/aula, com duração de 50 minutos cada aula.

As turmas serão limitadas em 30 vagas. Somente usuários cadastrados na Plataforma EaD da Escola e inscritos nos cursos terão acesso aos mesmos.

Ao final, após a avaliação e cumpridos os pré-requisitos estabelecidos, serão emitidos certificados.

Dúvidas: |32| 3250-2930 via ligação telefônica ou WhatsApp.

Objetivo do curso: Propiciar os conhecimentos básicos da gestão de projetos na Administração Pública.

Público alvo: Servidores da Câmara Municipal de Juiz de Fora e parceiras.

Os servidores da Câmara Municipal de Juiz de Fora podem fazer a autoinscrição no curso utilizando a chave de acesso anteriormente enviado através de circular interna.

Mais informações:

Plano de Curso

Calendário do Curso

Ementa

Apresentar as principais inovações trazidas pela Lei Federal nº 14.133, de 1º de abril de 2021, abordando questões ligadas à governança das contratações e ao rito contratual em todas as suas etapas (fase preparatória, seleção do fornecedor e fase contratual. 

Propiciar os conhecimentos básicos da Administração Pública. Promover uma visão analítica do trabalho coletivo, de atividades de liderança, chefia e coordenação de pessoas, Sistema de Informação e atividades em geral. Fornecer informações atualizadas sobre a constituição e funcionamento das empresas. Definir o que é Administração e o que é TGA. Mostrar a importância da Administração nos dias atuais e como ela se tornou uma atividade imprescindível e a condução da Moderna Sociedade. Explorar o conteúdo e objeto de estudo da Administração.

Apresentar as principais inovações trazidas pela Lei Federal nº 14.133, de 1º de abril de 2021, abordando questões ligadas à governança das contratações e ao rito contratual em todas as suas etapas (fase preparatória, seleção do fornecedor e fase contratual. 

Situar a Gestão de Pessoas no contexto da teoria administrativa atual através da sua perspectiva histórica e de seus principais conceitos e práticas; entender o papel do planejamento estratégico de pessoas nas organizações; e estabelecer relações entre os conceitos e a prática de Gestão de Pessoas no setor público. Compreender os processos operacionais do sistema de Gestão de Pessoas no setor público; compreender os processos de desenho de cargos, de carreiras e de admissão e dispensa de servidores; identificar o papel estratégico dos processos de desenhos de cargos, de carreiras e de admissão e dispensa de servidores. Compreender os conceitos de remuneração, de treinamento, de desenvolvimento e o papel estratégico de cada um deles na Gestão de Pessoas; conhecer as principais técnicas de remuneração e incentivos,observando seu contexto; identificar o papel das técnicas de treinamento e desenvolvimento na gestão estratégica de pessoas. Entender a conceituação, as potencialidades e os diversos métodos de avaliação de desempenho humano; analisar as novas perspectivas desse processo da Gestão de Pessoas; compreender a necessidade de um sistema de informação na Gestão de Pessoas e de descrever esses sistemas; conhecer os principais conceitos e sistemas de higiene e segurança no trabalho; e compreender o significado de qualidade de vida no trabalho, as suas bases teóricas e as características necessárias para implantação de programas que permitam a melhoria do clima organizacional. Entender a diferença entre grupos e equipes e sua gestão; compreender a Gestão por Competências; adquirir noções sobre Gestão do conhecimento; conhecer as tendências para a área de Gestão de Pessoas no setor público

Introduzir os conceitos fundamentais de políticas públicas, levando o aluno a desenvolver uma concepção teórica sobre a análise de políticas públicas e fazer uso intencional de enfoques conceituais para guiar o exercício de fiscalização da política; familiarizar o aluno com as instituições de fiscalização e as metodologias por elas utilizadas; propiciar a exploração do tema a partir de aplicações empíricas e realização de estudos de caso, voltados principalmente para a identificação dos desafios que se apresentam hoje, no Brasil, ao exercício da fiscalização.

Demonstrar a relação da democracia com a política, o poder e o Estado. Evidenciar o exercício da cidadania baseada na democracia que se constitui em instrumento de decisão e participação.